Pesquisar

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Desmatamento acumulado na Amazônia cobra fatura e começa a afetar o clima, diz estudo

Desmatamento acumulado na Amazônia cobra fatura e começa a afetar o clima, diz estudo

Além de manter a floresta amazônica a qualquer custo é preciso confrontar o passivo do desmatamento acumulado e começar um amplo processo de recuperação do que foi destruído, que somente no Brasil alcança uma área de 763 mil Km2

 Ela exporta essa umidade por meio de rios aéreos de vapor, os chamados “rios voadores,” que irrigam áreas como o Sudeste, Centro-Oeste e Sul do Brasil e outras áreas como o Pantanal e o Chaco, além da Bolívia, Paraguai e Argentina. “Sem os serviços da floresta, essas produtivas regiões poderiam ter um clima inóspito, quase desértico”, diz o autor. ..