Pesquisar

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Projeto europeu quer desenvolver impressão 3D de peças de metal

A Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) lançou nesta terça-feira em Londres um projeto de 20 milhões de euros (cerca de R$ 59 milhões) para "levar a impressão 3D para a era do metal", construindo peças para aviões e naves espaciais e projetos de fusão nuclear.
O Projeto Amaze (acrônimo em inglês de "fabricação aditiva com o objetivo de fabricar produtos de metal de alta tecnologia com produção eficiente e zero desperdício") reúne 28 parceiros europeus, entre eles empresas como Airbus, Astrium e Norsk Titanum, e instituições acadêmicas como a Universidade Cranfield, do sul da Inglaterra.
Algumas peças de motores e partes de asas de avião de até 2 metros de comprimento já começaram a ser fabricadas por pesquisadores usando a tecnologia. Mas, agora, fábricas estão sendo preparadas em cinco países (França, Alemanha, Itália, Noruega e Reino Unido) para alimentar uma cadeia de produção em escala industrial...