Pesquisar

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Novo drone movido a energia solar poderá voar durante cinco anos

Uma empresa aeroespacial norte-americana desenvolveu um drone leve movido a energia solar capaz de voar a uma altura de quase 20 km, durante cinco anos. O Solara é auto-suficiente, coberto por cerca de 3.000 painéis solares que produzem 7 kW de electricidade. Vai voar acima das nuvens, logo, estará constantemente exposto à luz solar durante o dia, armazenando energia para o voo nocturno.
A série Solara, produzida pela Titan Aerospace, difere dos drones mais tradicionais desenvolvidos até agora. O maior avião da linha será o Solara 60, com 60 metros de largura, capaz de transportar até 113 kg de carga útil – como sensores atmosféricos e electroópticos e equipamento de comunicação.
A velocidade dos Solara será cerca de 105 km/hora. Os modelos Solara 50 e o Solara 60 serão lançados com uma catapulta, estando para já prevista a criação de três 50 e um 60.
Os drones foram projectados para serem mais baratos do que um satélite, enquanto possuem funções semelhantes a estes – como capacidade de vigilância, monitorização de produções agrícolas, supervisão do tempo e desastres naturais ou qualquer outro fenômeno que os satélites de baixa altitude controlam...