Pesquisar

terça-feira, 8 de outubro de 2013

EUA criam robô militar que anda em uma perna só e mostra o bíceps

Governo quer investir em máquinas que tenham capacidade de matar e caçar

O robô Atlas: ele aguenta até pancada na cintura
Foto: Divulgação


RIO - Ele anda em esteiras, desvia de obstáculos, equilibra-se em uma perna só, resiste a sucessivas pancadas em sua cintura e até exibe o bíceps metálico. O robô humanoide Atlas, como foi batizado, é a mais recente criação da Boston Dynamics, uma companhia americana parceira da Agência de Pesquisa Avançada de Defesa dos EUA (Darpa, na sigla em inglês).
O Atlas fará parte do Programa de Mobilização e Manipulação Rápida da Darpa. A iniciativa é considerada “uma grande promessa para ampliar a eficácia humana nas operações de defesa”.
Esta versão do Atlas é uma dos sete robôs humanoides que a Boston Dynamics está desenvolvendo em resposta ao Desafio Robótico da Darpa.
Em dezembro, os robôs participantes da competição passarão por oito etapas que testarão seus potenciais usos em situações de emergência, como atravessar um terreno irregular e dirigir um veículo de resgate.
A Darpa quer melhorar a capacidade de manobra e controle de seus robôs, ao mesmo tempo em que tenta reduzir os custos para fabricá-los.
Professor de Inteligência Artificial e Robótica da Universidade de Sheffield, Noel Sharkey elogiou a capacidade de equilíbrio do Atlas, mesmo quando é golpeado.
— É uma conquista surpreendente. Uma façanha notável — exaltou Sharkey, que também é diretor do Comitê Internacional para o Controle de Armas Robóticas. — Não sabemos qual será o propósito militar destas máquinas, mas certamente demos um passo em direção a um robô terrestre de alta velocidade e com capacidade de caçar e matar.