Pesquisar

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Brasileiros ganham campeonato de engenharia de foguetes



Uma missão espacial 100% brasileira; e vencedora! Este ano, a equipe do Instituto Tecnológico de Aeronáutica participou pela segunda vez do maior campeonato interuniversitário de engenharia de foguetes. E trouxe para o Brasil o inédito troféu do “Intercollegiate Rocket Engineering Competition”.
O campeonato realizado anualmente em Utah, nos Estados Unidos, envolve universitários de diversos países. Além dos norte-americanos, este ano canadenses, turcos, indianos e brasileiros competiram para ver quem tinha o melhor projeto de foguete.

"É uma missão especial completa. A gente não leva nada ao espaço, porque nosso foguete atinge no máximo três quilômetros de altitude, mas você tem que criar um foguete capaz de atingir uma certa altitude, e recuperá-lo de forma íntegra. Também ganhamos pontos por componentes desenvolvidos pelso alunos", comenta Luiz Gustavo Muniz, estudante.

O fato de o foguete dos alunos do ITA ser totalmente projetado “e” fabricado pelo grupo contribuiu muito para a vitória na IREC. O grupo trabalhou por 10 meses na criação do projeto, que custou aproximadamente 60 mil reis. O foguete, batizado Dumont em homenagem ao pai da aviação, pesa cerca de 18 quilos e tem dois metros de altura.
Ainda que não tão grande, o foguete tem muita tecnologia embarcada – que também foi essencial para o sucesso da missão. Ele é dividido em três partes: o motor, o conjunto de eletrônica, que inclui uma câmera de vídeo que transmite o voo em tempo real e o cérebro do foguete.

"Ainda tem uma parte em cima que tem GPS, acelerômetro, girômetro, sensores de temperatura e pressão, e umidade", explica o estudante Henrique Oliveira da Mata. 

Além de um prêmio em dinheiro, o grupo de futuros engenheiros acredita que a maior vitória é o reconhecimento pelo trabalho feito depois de tanta dedicação e os contatos e oportunidade que aparecem em um evento deste tipo. Mais do que isso, a chance de mostrar que o Brasil também é forte quando o assunto é “Espaço”.
Agora a equipe, que conta com alunos de todos os anos e diferentes engenharias é renovada todos os anos com novos integrantes e já se prepara para aprimorar seu projeto para tentar trazer mais um troféu para o ITA, ou melhor, para o Brasil, em 2014.
Se você curte o tema, aproveite para conhecer mais sobre o Programa Espacial Brasileiro. No olhardigital.com.br nós separamos uma série de reportagens que fizemos sobre a Agência Espacial Brasileira. Entenda o que eles fazem e como estamos em relação ao resto do mundo. Ah, se você perdeu a incrível história do austríaco que saltou de paraquedas da estratosfera, nós também explicamos tudinho sobre esse feito no Espaço. Acesse, relembra e surpreenda-se mais uma vez.

Fonte e demais informações: http://olhardigital.uol.com.br/video/37009/3700
9