Pesquisar

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Minicom fará concurso para selecionar app público que virá nos smartphones desonerados

O secretário de telecomunicações, Maximiliano Martinhão, afirmou hoje que a partir de outubro deste ano vários apps desenvolvidos no Brasil já estarão presentes nos smartphones aqui fabricados, conforme vai estabelecer a portaria a ser publicada na próxima semana. A portaria vai definir os prazos para que a indústria de celular comece a incorporar os apps nacionais.

Novos apps vão ser incorporados em dezembro, até que paulatinamente sejam adotados todos os aplicativos nacionais definidos pelo MiniCom."Os fabricantes de celulares poderão embarcar os aplicativos ou lançar em destaque nas lojas virtuais", afirmou o secretário.

Segundo Martinhão, haverá duas categoria de apps: os genéricos e os de interesse público. Os gerais, em número de 50, poderão ser escolhidos pelos próprios fabricantes, e os de interesse público serão indicados pelo governo. Conforme o secretário, o Minicom deverá fazer um concurso público para escolher alguns dos apps de utilidade pública.

Os fabricantes de celular terão que instalar esses aplicativos em contrapartida à desoneração tributária implementada pelo governo há cerca de dois meses, que isentou os impostos federais PIS/Copfins (9,75%) dos aparelhos fabricados no país.

Certics
Conforme Martinhão, o ministério não irá exigir, neste primeiro momento, que os fabricantes nacionais tenham o certificado de software nacional- o Certics, recentemente criado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação. (MCTI). "Com essa política, nossa expectativa é ampliar a produção local e também o acesso à banda larga", concluiu Martinhão.


Fonte e demais informações: http://arede.inf.br/noticias/6053-minicom-fara-concurso-para-selecionar-app-publico-que-vira-nos-smartphones-desonerados