Pesquisar

sexta-feira, 30 de março de 2012

PINIweb.com.br | País terá 12.265 grandes obras até 2016 | Construção Civil, Engenharia Civil, Arquitetura

PINIweb.com.br | País terá 12.265 grandes obras até 2016 | Construção Civil, Engenharia Civil, Arquitetura

Graxa de prótons acelera máquinas moleculares 10 milhões de vezes

Graxa de prótons acelera máquinas moleculares 10 milhões de vezes: A solução é ainda mais interessante porque o giro do motor pode ser controlado dosando-se a adição de hidrogênio.

Rolha de túnel impede inundações e vazamentos subterrâneos

Rolha de túnel impede inundações e vazamentos subterrâneos: O cilindro inflável pode ser preenchido com ar ou com água, sob alta pressão, garantindo uma vedação completa em poucos minutos.

Veículo a hidrogênio passa no teste das ruas

Veículo a hidrogênio passa no teste das ruas: Engenheiros suíços realizaram o primeiro teste de longa duração, em condições reais de operação, com um veículo a hidrogênio.

Inscrições para o 7º Simpósio de Engenharia Ambiental vão até 16 de abril

 


As inscrições para o 7º Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental vão até 16 de abril no site da Unesc. Especialistas da área ambiental, alunos, professores, bem como profissionais ligados a empresas, órgãos ambientais e ONGs (Organizações Não Governamentais) poderão participar do Simpósio, que ocorrerá dias 29 e 30 abril e 1º de maio, na Unesc. Interessados deverão acessar o site para se inscrever e obter mais informações. Conforme a comissão organizadora, mais de 200 trabalhos já foram inscritos.

O evento tem o intuito de promover o intercâmbio entre os profissionais da engenharia ambiental e áreas afins, divulgar e incentivar a utilização da pesquisa para um melhor desenvolvimento e consolidação da profissão, bem como discutir iniciativas que visem à atualização da legislação, a conservação ambiental e a utilização dos recursos naturais. Para isso estão programadas palestras, mesas-redondas e minicursos, dentre outras atividades.

Prêmio Nobel da Paz

O Simpósio contará ainda com apresentação de artigos científicos. “Estamos com uma extensa programação que inclui palestrantes de renome nacional e internacional. Em destaque a palestra de abertura com o professor doutor Carlos Nobre, pesquisador brasileiro membro do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), órgão das Nações Unidas, e que em 2007 dividiu o Prêmio Nobel da Paz com o ex-vice presidente dos Estados Unidos Al Gore”, afirmou a Engenheira Ambiental e uma das organizadoras do evento, Paula Tramontim Pavei.

A palestra de abertura, intitulada “Os desafios científicos e tecnológicos diante das mudanças climáticas globais”, será apresentada no dia 29 de abril, às 19 horas, no Auditório Ruy Hülse, na Universidade. “Além dos trabalhos de acadêmicos da Unesc, foram submetidos para o evento artigos de pesquisadores de instituições de outros municípios de Santa Catarina, bem como do Rio Grande do Sul, Pará, Goiás, Espírito Santo, Paraná, São Paulo, Pernambuco, Minas Gerais, enfim, de todas as regiões do Brasil”, contou a engenheira ambiental.

Programação

Também fazem parte da programação palestras relacionadas aos temas:

- “Gestão pública ambiental – experiência na base brasileira da Antártida”, com o professor doutor da Univali Alexandre Leripio; 

- “Recuperação de ambientes degradados”, com o professor doutor da UFSC Ademir Reis;

- Mesa-redonda sobre “Desafios da engenharia ambiental na Amazônia”, com a professora da UFRA (Universidade Federal Rural da Amazônia) Paula Fernanda Viegas Pinheiro; 

- “Capacitação e manejo de áreas protegidas marinho-costeiras”, com o representante de Ministério do Meio Ambiente (Sistema Nacional de Áreas de Conservação) da Costa Rica, professor Donald Campbell Lindo, entre outros.


Fonte e demais informações: http://www.ogirassol.com.br/pagina.php?editoria=%C3%9Altimas%20Not%C3%ADcias&idnoticia=37320

quinta-feira, 29 de março de 2012

Equipamento de leitura de código de barras agiliza a vida de pequenos empresários

http://globotv.globo.com/rede-globo/pequenas-empresas-grandes-negocios/t/todos-os-videos/v/equipamento-de-leitura-de-codigo-de-barras-agiliza-a-vida-de-pequenos-empresarios/1766408/

Setor de Informática está entre os bons negócios para 2012

Fonte e demais informações: http://globotv.globo.com/rede-globo/pequenas-empresas-grandes-negocios/t/todos-os-videos/v/setor-de-informatica-esta-entre-os-bons-negocios-para-2012/1816846/

Setor de logística deve se expandir em 2012 e pode faturar até R$ 450 bilhões

Fonte e demais informações: http://globotv.globo.com/rede-globo/pequenas-empresas-grandes-negocios/t/todos-os-videos/v/setor-de-logistica-deve-se-expandir-em-2012-e-pode-faturar-ate-r-450-bilhoes/1848552/

Moradores de 18 estados brasileiros vão receber novo medidor de luz

Fonte e demais informações: http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/t/edicoes/v/moradores-de-18-estados-brasileiros-vao-receber-novo-medidor-de-luz/1880094/

Nova empresa muda junto com as mudanças nas relações de trabalho

Fonte e demais informações: http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-da-globo/t/edicoes/v/nova-empresa-muda-junto-com-as-mudancas-nas-relacoes-de-trabalho/1879262/

Robonauta começa a testar luva robótica para metalúrgicos

Robonauta começa a testar luva robótica para metalúrgicos: O primeiro protótipo mostrou que é possível reduzir a fadiga dos músculos das mãos, que se cansam depois de alguns minutos segurando a mesma ferramenta.

Memória flexível, transparente e 3D não perde dados

Memória flexível, transparente e 3D não perde dados: Seus criadores afirmam que a nova memória viabilizará telefones celulares que poderão ser enrolados no braço como relógios de pulso.

quarta-feira, 28 de março de 2012

PINIweb.com.br | Engenheiro destaca as novidades na Feicon 2012  | Construção Civil, Engenharia Civil, Arquitetura

PINIweb.com.br | Engenheiro destaca as novidades na Feicon 2012  | Construção Civil, Engenharia Civil, Arquitetura

Minas Gerais vai sediar empreendimento inédito de semicondutores | FarolCom

Minas Gerais vai sediar empreendimento inédito de semicondutores | FarolCom

Simuladores são usados por operários para evitar acidentes

Fonte e demais informações: http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-nacional/t/edicoes/v/simuladores-sao-usados-por-operarios-para-evitar-acidentes/1868135/

Escola da Bahia ganha reforço tecnológico para evitar falta de alunos


Fonte e demais informação: http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-nacional/t/edicoes/v/escola-da-bahia-ganha-reforco-tecnologico-para-evitar-falta-de-alunos/1875375/

Bairro de Recife abriga escritório de novas empresas e pólo de tecnologia

Fonte e demais informações: http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-da-globo/t/conecte/v/bairro-de-recife-abriga-escritorio-de-novas-empresas-e-polo-de-tecnologia/1866528/

Erro Quadrático Médio Multivariado


Fonte e demais informações: http://www.limav.com.br/index.html

Energia solar em três dimensões

Energia solar em três dimensões: Os painéis solares 3D apresentaram ganhos de rendimento que variaram de 2 a 20 vezes o rendimento da mesma quantidade de células solares postas em painéis planos.

Qubits voadores ampliam alfabeto digital

Qubits voadores ampliam alfabeto digital: Viajando simultaneamente em duas trilhas em um material semicondutor, um elétron permite escrever bits com muito mais do que zeros e uns.

Recorde mundial de campo magnético supera 100 teslas

Recorde mundial de campo magnético supera 100 teslas: O nível de 100 teslas equivale a 2 milhões de vezes a intensidade do campo magnético natural da Terra.

Interface flexível configura celulares para idosos

Interface flexível configura celulares para idosos: O sistema detecta problemas de utilização e oferece uma reconfiguração na interface do dispositivo, adequando-se ao perfil do usuário.

Pele eletrônica ativa monitora e controla a saúde

Pele eletrônica ativa monitora e controla a saúde: Além de monitorar a saúde do paciente, o circuito eletrônico flexível agora pode atuar sobre o corpo humano.

terça-feira, 27 de março de 2012

Vale abre 600 vagas para Programa de Estágio

A Vale abre nesta segunda-feira, 2 de abril, as inscrições para o Programa de Estágio. São 600 vagas para estudantes do ensino técnico e superior dos estados de Minas Gerais, Maranhão, Rio de Janeiro, Pará, Espírito Santo, Bahia, Sergipe, São Paulo e Goiás. As inscrições podem ser feitas pelo sitewww.vale.com.br/oportunidades até 22 de abril. Do total de vagas, 207 são para Minas Gerais, o que representa mais de um terço das oportunidades.

O objetivo do programa é preparar estudantes do ensino técnico e superior de diversas áreas para responder aos desafios diários da profissão por meio de experiências práticas na empresa. O estagiário recebe acompanhamento periódico e participa de atividades que estimulam o desenvolvimento de futuros talentos.

Para os universitários serão oferecidas vagas para cursos de diferentes áreas, como Engenharia, Administração de Empresas, Economia, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Pedagogia, Comércio Exterior, Comunicação Social, Logística, Análise de Sistemas, Biblioteconomia e Psicologia, entre outros. A lista completa e a divisão de cursos, por estado, estão disponíveis no site.  Também terão a oportunidade de se inscrever estudantes de nível técnico de mais de 20 cursos, entre eles Segurança do Trabalho, Edificações, Eletromecânica, Mecânica, Eletroeletrônica, Informática e Química.

Para participar do processo seletivo, os universitários devem ter a conclusão do curso prevista para o período entre julho de 2013 e julho de 2014, além de ter conhecimentos de inglês e de informática. Para os candidatos de nível técnico, a exigência é que estejam no último ano do curso ou sejam formados na parte teórica, desde que não tenham cumprido toda a carga horária de estágio obrigatório e ainda estejam matriculados na instituição de ensino.

Os selecionados iniciarão o estágio a partir de agosto de 2012 e receberão bolsa-auxílio mensal de R$ 600,00 ou R$ 900,00 (os valores variam dependendo do curso, técnico ou superior, e da carga horária), assistência médica e seguro de vida. Nas unidades onde a empresa não oferece transporte e restaurante, os estagiários também receberão vale-transporte e vale-refeição. A carga horária do estágio varia entre quatro e seis horas, dependendo das atividades a serem desenvolvidas.

Segunda maior mineradora do mundo, a Vale pretende investir mais de US$ 21 bilhões em 2012. No ano passado, a empresa ficou em segundo lugar no ranking das "empresas mais desejadas" do Brasil, elaborado pela consultoria Aon Hewitt. Além disso, a Vale foi quarta colocada na pesquisa Empresa dos Sonhos dos Jovens, do grupo DMRH. Na Região Norte, a empresa foi a segunda colocada.

IX Semana da Engenharia Ambiental e II Congresso Mineiro de Engenharia Ambiental

Qui, 22 de Março de 2012 15:30

O curso de Engenharia Ambiental, conjuntamente com a Coordenação de Extensão das Faculdades Santo Agostinho promoverão nos dias 28 de maio a 01 de junho de 2012. A IX SEMANA DA ENGENHARIA AMBIENTAL e II CONGRESSO MINEIRO DE ENGENHARIA AMBIENTAL.

O evento visa proporcionar aos estudantes e profissionais de Engenharia ambiental a interação e comunicação com o mercado de trabalho, incentivando e promovendo a integração dos participantes numa dinâmica de contacto com as temáticas emergentes no mercado.

Neste ano, o congresso é direcionado aos temas: Resíduos Sólidos, Saneamento, Água, esgoto e drenagem. O evento será realizado no Teatro Santo Agostinho, localizado na avenida Osmane Barbosa nº 937, bairro JK, nas Faculdades Santo Agostinho JK.

PROGRAMAÇÃO

DIA 28/05 e 29/05 (SEGUNDA E TERÇA-FEIRA)
  • 18h     Credenciamento
  • 19h     Desenvolvimento de diversos mini-cursos simultâneos.


30/05 (QUARTA-FEIRA) – TEMA: RESÍDUOS
  • 19h     Credenciamento
  • 19h15    Abertura

  •  19h30    Conferência De Abertura: Reciclagem – Como Transformar Lixo em Riqueza.
Palestrante: ANDRÉ VILHENA.
Diretor executivo do Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre) “A CONFIRMAR”


  •  20h30     Palestra: Saneamento Ambiental Perspectivas e Desafios
Palestrante: Valdir Schalch:
Graduação em Engenharia Química pela Escola Superior de Química Oswaldo Cruz, mestrado em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo (USP) e doutorado em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela USP.
Professor visitante da Universidade de Nebraska, Lincoln-EUA.
Atualmente é livre-docente da Escola de Engenharia de São Carlos, da Universidade de São Paulo.
Tem experiência na área de Saneamento Ambiental, com ênfase em Resíduos Sólidos, atuando nos seguintes temas: gestão e gerenciamento integrado de resíduos sólidos.
Em 2008 recebeu o Premio Organización Panamericana de la Salud (OPS/OMS), Asociación Interamericana de Ingenieria Sanitaria y Ambiental (AIDIS).

31/05 (QUINTA-FEIRA) TEMA: ÁGUA E DRENAGEM

  • 19h30    Palestra: Gestão das Águas urbanas e a Drenagem   
Palestrante: Prof. Dr. Carlos Eduardo Morelli Tucci
Referência Mundial na pesquisa cientifica sobre recursos hidricos.
Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestrado em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental pela UFRGS e doutorado em Recursos Hídricos - Colorado State University.

Atualmente é professor colaborador do Instituto de Pesquisas Hidraulicas da UFRGS e professor titular da FEEVALE, foi presidente do comitê editorial da RBRH da Associação Brasileira de Recursos Hídricos, sócio proprietário e diretor - Rhama Consultoria Ambiental Ltda, presidente da Rede de Capacitação em Recursos Hídricos no Brasil Capnet e presidente do comitê editorial da REGA Revista de Gestão da América Latina.
Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Recursos Hídricos, atuando principalmente nos seguintes temas: modelagem dos sistemas hídricos, gestão dos recursos hídricos, urbana, águas urbanas: gestão integrada e planejamento dos componentes água, esgoto, drenagem e resíduos, previsão de vazão e otimização dos sistemas hídricos.
Em 2011 recebeu o prêmio International Hydrology Prize dado pela IAHS International Association of Hydrologic Science em Conjunto com a UNESCO e OMM das Nações Unidas.

  • 20h30    Perguntas


01/06     (SEXTA-FEIRA) – TEMA: ESGOTO
  • 19h30    PALESTRA: Construindo cenários no saneamento
Palestrante: Leo Heller
Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais, mestrado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos pela UFMG e doutorado em Epidemiologial pela UFMG.
Realizou pós-doutorado na University of Oxford. É professor do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFMG. Dentre outras funções administrativas, foi chefe do Departamento, Pró-Reitor adjunto de Pós-Graduação, Diretor da Escola de Engenharia e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos.
Foi editor nacional da Revista Engenharia Sanitária e Ambiental, da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental. Foi membro do CA em Ciências Ambientais do CNPq, seu coordenador e membro do CATC.
Tem experiência na área de saneamento básico, atuando principalmente nos temas de abastecimento de água, saúde ambiental e políticas públicas.
Possui mais de 19 livros publicados e organizados por ele.

  • 21h    Coquetel de encerramento – FESTA JUNINA

Cada inscrito tem direito a 01 mini-curso, condicionado a formação de turma com no mínimo de 15 e máximo de 50 participantes. 

INSCRIÇÕES:
Palestra Com Direito A 01 Mini-Curso
  • 26/03 A 15/04: R$ 70
  • 16/04 A 29/04: R$ 80
  • 30/04 A 13/05: R$ 90
  • 14/05 A 28/05: R$ 100

MINI-CURSO ISOLADO: R$ 20
A carga horária do certificado é proporcional a presença dos participantes nas palestras e mini cursos, podendo totalizar 20h de palestra e 4h de mini cursos.

Para mais informações

(38) 3690-3629    Coordenação de Engenharia Ambiental
(38) 3690-3626    Coordenadoria de Cursos
(38) 3690-3654    Supervisão de Extensão 

Índia será o primeiro emergente a aderir ao Ciência sem Fronteiras

Brasília, 26 a 28 de março de 2012 - Nº 1126 - Ano 11

A parceria entre o Brasil e Índia no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras deve ser firmada ainda nesta semana durante a quarta reunião dos chefes de Estado dos Brics, bloco de países emergentes formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O país asiático será o primeiro a aderir ao programa de intercâmbio de pesquisadores.

     “Já aprofundamos as discussões e já identificamos as instituições que deverão participar do programa, que estão nas cidades de Nova Delhi, Mumbai e Bangalore”, informou a subsecretária-geral de Política do Itamaraty, a embaixadora Maria Edileuza Fontenele Reis.

     Ainda não está definido o número de estudantes que devem participar do programa com a Índia, mas os bolsistas serão selecionados para estudar em centros de ensino voltados às áreas de ciência e tecnologia, engenharia genética, ciências e tecnologia aeroespacial.

     Durante o encontro, os dois países também devem assinar acordos nas áreas de meio ambiente, cultura, relações consulares, promoção da igualdade de gênero e tecnologia e inovação.

     (Com informações da Agência Brasil) 

Fonte e demais informações:  http://www.gestaoct.org.br/

Chamada de apoio a eventos científicos investe R$ 20 milhões

Brasília, 26 a 28 de março de 2012 - Nº 1126 - Ano 11

  O CNPq liberou, nesta segunda-feira (26), o edital de Apoio à Realização de Eventos (ARC). No total, serão aplicados R$ 20 milhões, sendo R$ 15 milhões oriundos do CNPq e o restante da Finep.

     Serão contempladas as propostas que prevêem a realização de congressos, simpósios, workshops, seminários, ciclos de conferências e outros eventos similares relacionados necessariamente à ciência, tecnologia e inovação (CT&I). A chamada estipula ainda que os eventos a serem apoiados devem ser realizados de 1º de julho de 2012 e 31 de dezembro de 2014.

     O cronograma para o envio de propostas varia de acordo com a data de realização do evento. O pedido de apoio para congressos e similares a serem realizados no segundo semestre de 2012 deve ser enviado até o dia 30 de abril. Podem participar pesquisadores, professores e especialistas com vínculo formal com instituições de ensino superior (IES), institutos de pesquisa e dirigentes de associações científicas e tecnológicas.

     O cronograma completo de envio de propostas e o regulamento estão disponíveis neste link.


Fonte e demais informações: http://www.gestaoct.org.br/

Pesquisadores do MIT debatem inovação tecnológica e empreendedorismo em Florianópolis #floripa

Pesquisadores do MIT debatem inovação tecnológica e empreendedorismo em Florianópolis #floripa

segunda-feira, 26 de março de 2012

Intel Developers Forum chega ao Brasil. Participe! Evento acontecerá em São Paulo no dia 15 de maio de 2012 e reunirá empresas, cientistas e desenvolvedores



Fonte e demais informações:  http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/intel-developers-forum-chega-ao-brasil-participe#|0|0|2|99

Compartilhe conhecimento: site é feito para quem quer aprender ou ensinar algo de graça na web "Aprenda Comigo" oferece videoaulas de vários assuntos como design, saúde e ecnologia



Fonte e demais informações: http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/compartilhe-conhecimento-site-e-feito-para-quem-quer-aprender-ou-ensinar-algo-de-graca-na-web#|0|0|1|99v

FEBRACE 2012: projetos de estudantes brasileiros trazem boas soluções científicas e tecnológicas Entre eles está a Smart Glove, uma luva que traduz a linguagem de sinais em texto e até uma cadeira de balanço que gera energia elétrica



Fonte e demais informações:  http://olhardigital.uol.com.br/negocios/central_de_videos/febrace-2012-conheca-alguns-dos-projetos-de-jovens-estudantes-brasileiros#|0|0|1|99

Cientistas desenham nova imagem do núcleo de um átomo

Cientistas desenham nova imagem do núcleo de um átomo: O núcleo de um átomo, com seus prótons e nêutrons, é normalmente imaginado como algo estacionário, fisicamente delimitado. Nada mais distante da realidade.

País redesenha o mapa ferroviário | Notícias | CIMM

País redesenha o mapa ferroviário | Notícias | CIMM

Fonte: Valor Econômico - 26/03/2012
Publicidade 
O mapa ferroviário brasileiro vai mudar. No momento, cerca de três mil quilômetros de obras sobre trilhos estão em construção no país, o que ampliará a capilaridade da malha existente. Nos próximos quatro anos, poderão ser investidos mais de R$ 40 bilhões no segmento. No Nordeste, a Nova Transnordestina - investimento orçado inicialmente em R$ 5,4 bilhões - e que terá 1.728 quilômetros para interligar a cidade de Eliseu Martins (PI) aos portos de Suape (PE) e Pecém (PE) - está avançando.

Segundo o último balanço do PAC, anunciado neste mês, trecho da estrada férrea no Estado de Pernambuco, entre Salgueiro e o porto de Suape, com 522 quilômetros de extensão, está com quase 50% das obras de infraestrutura e 38% das obras de arte já realizadas. A conclusão da ferrovia, projetada para 2014, poderá criar uma nova opção de escoamento para a nova fronteira agrícola do Maranhão e Piauí e atrair novas cargas, como cimento e combustível.

Empreendimento da estatal Valec, a Ferrovia Norte-Sul - que prevê a interligação do Centro Oeste com o Sudeste - tem cerca de 1.300 quilômetros em obra. O trecho Sul I, entre as cidades de Palmas (TO) e Anápolis (GO), com 855 quilômetros, está 95% realizado e a previsão de conclusão é para julho. Já o trecho Sul II, com 682 quilômetros de trilhos entre Anápolis (GO) a Estrela D"Oeste (SP), está com mais de 15% das obras executadas e é previsto para ser inaugurado em junho de 2014. "Essa ferrovia poderá ter impacto para o agronegócio, que pode ser capaz de escoar 20 milhões de toneladas de grãos em dez anos por ali", afirma Luiz Fayet, consultor da Confederação Nacional de Agricultura (CNA).
Em paralelo, a Valec também trabalha na construção da Ferrovia Integração Oeste-Leste (Fiol), que vai ligar Ilhéus, no litoral baiano, a Figueiropólis, no Tocantins, cortando toda a Bahia de leste a oeste.
As duas novas linhas férreas da Valec trarão uma novidade para o marco regulatório do setor: a estatal deverá ser responsável pela infraestrutura e manutenção dos trechos, enquanto operadores e usuários poderão comprar capacidade de carga, trens e vagões para transportar seus produtos, pagando o direito de passagem à Valec. "Isso reforça a figura do usuário investidor, que deverá se tornar um player importante no setor, abrindo mais uma fonte de recursos", diz Luis Baldez, presidente da Associação Nacional dos Usuários de Carga (Anut). Na Fiol, uma mineradora já se comprometeu a comprar dez milhões de toneladas a ser transportada pela nova ferrovia.

No Centro-Oeste, a ALL está investindo R$ 750 milhões no projeto de expansão de sua malha norte, com a construção de 260 km de trilhos entre o terminal do Alto Araguaia e Rondonópolis (MT). Neste ano, devem ser aplicados R$ 150 milhões para a conclusão do empreendimento, que vai entrar em operação até o fim do ano. Isso deve permitir que o modal seja usado para escoamento da safra que começa a ser transportada no início de 2013. Com a estrada de ferro, os produtores poderão ter ganho de R$ 30 a R$ 35 por tonelada de grão, em relação à rodovia.

A primeira etapa da obra, entre Alta Araguaia e Itiquira, começou a operar recentemente. Essa região não tinha logística ferroviária, sendo que boa parte da produção era escoada pela BR-163. Nesse ponto, poderá ser escoado de 1 milhão a 1,5 milhão de toneladas de milho e soja. Até o fim de 2012, segundo o diretor-superintendente, Eduardo Pelleissone, será entregue o trecho final da obra, o que permitirá a maior proximidade com os agricultores de Rondonópolis, uma das maiores fronteiras do agronegócio no Centro-Oeste. O projeto tem estimulado investimentos em outros elos da cadeia.

Uma área de 400 hectares para terminais perto da ferrovia já teve grande demanda de empresas. Estima-se que haja apenas 20 hectares disponíveis. "Vai ser um dos maiores complexos intermodais do país, com terminais de transbordo de grãos e fertilizantes, esmagadoras de sojas", afirma Pelleissone. A ferrovia também poderá ser uma opção para produtores de algodão do Mato Grosso, que hoje só acessam as estradas, e para fabricantes de alimentos localizadas na região. Outra carga em potencial que poderá ganhar os trilhos é o biodiesel, do qual o Mato Grosso é um dos maiores produtores. "Com esse trecho, passamos a ter ligação com Rondonópolis, ficamos mais perto da produção de biodiesel e isso deverá permitir que a gente cresça nesse segmento, que ainda é incipiente", destaca.
A MRS também prepara investimentos. Neste ano, devem ficar em torno de R$ 1,6 bilhão, com alta de 32% em relação a 2011. Os principais projetos são: implantação do novo sistema de sinalização chamado CBTC; a aquisição de equipamentos de via para a modernização dos processos de manutenção; a conclusão da Segregação Leste para melhorar o acesso ao Porto de Santos; a utilização das novas locomotivas GE, fabricadas em Contagem (MG), para aumentar a capacidade de transporte; e a chegada das primeiras máquinas para o Sistema Cremalheira, localizado na Serra do Mar, entre São Paulo e Santos.

A concessionária prevê para este ano o início da operação das novas locomotivas produzidas pela Stadler Rail, na Suíça, para o Sistema Cremalheira. A previsão é de que as duas primeiras, de um total de sete, cheguem ao Brasil no fim de agosto e fiquem em teste até dezembro, em sistema de operação assistida por técnicos do fabricante. Em janeiro de 2013, a MRS receberá outras duas máquinas, e as últimas três, em março. O processo de substituição será gradual, porque é preciso garantir a eficiência das novas máquinas sem afetar a produção. Inicialmente, as locomotivas antigas, fabricadas na década de 1970, vão continuar a operar, simultaneamente, com as novas. As novas locomotivas apoiarão o crescimento da produção estimado para este trecho, passando de 500 toneladas para 750 toneladas brutas por viagem, com maior agilidade na operação.

Para aumentar a capacidade de produção para 500 milhões de toneladas métricas de minério de ferro nos próximos quatro anos, a Vale investe na ampliação de sua capacidade portuária e na expansão da ferrovia de Carajás. A segunda maior mineradora do mundo investirá mais de US$ 2,9 bilhões para ampliar a capacidade do terminal portuário de Ponta da Madeira (MA) e a estrada de ferro de Carajás: 605 quilômetros de trilhos da linha férrea serão duplicados e a linha ferroviária será ampliada em 100 km para conectar-se à serra sul de Carajás.

A empresa também irá interligar 56 pátios ao longo dos trilhos de Carajás, o que reduzirá o tempo de paradas e fará com que os trens possam ter velocidades médias de até 80 km/h.

Inscrições abertas para a VI Conferência sobre tratamenos térmicos | Eventos | Notícias | CIMM

Inscrições abertas para a VI Conferência sobre tratamenos térmicos | Eventos | Notícias | CIMM

No período de 17 a 20 de junho de 2012, acontece a VI Conferência Brasileira sobre Temas de Tratamento Térmico, no Centro de Convenções do Hotel Tauá, em Atibaia (SP). O evento tem como meta, segundo o seu organizador, Lúcio Salgado, ser o ponto de referência para discussão da situação atual do desenvolvimento e do mercado global, bem como a divulgação de novos produtos, aprimoramento de processos e novas tecnologias em tratamento térmico. 

“O nosso objetivo principal é promover um melhor contato entre os profissionais envolvidos na atividade de tratamento térmico, qualidade, engenharia do produto e pós-venda, bem como representantes, fabricantes de equipamentos e insumos, institutos de pesquisas e instituições acadêmicas e profissionais que tenham interesse em tratamento térmico e seus equipamentos e acessórios”, afirma Salgado que acrescenta que é também almejada uma maior participação de usuários de produtos e serviços em tratamento térmico ligados as indústrias automotiva, mecânica, siderúrgica, eletrônica, de eletrodomésticos, petroquímica, entre outros.

Entre os temas que serão abordados, destacam-se os trabalhos referentes a tratamentos térmicos e termoquímicos de ferrosos e não ferrosos; metalurgia física e transformação de fases; técnicas de caracterização microestrutural; efeito de elementos de liga sobre a microestrutura e propriedades; análises de defeitos e falhas; banhos de sal, atmosferas e meios de resfriamento; equipamentos para controle de processo e para controle de qualidade; sistemas de aquecimento por indução; fornos, periféricos e insumos; limpeza, preparação e acabamento; manutenção; automação e instrumentação; simulação; qualidade e produtividade; tendências, desenvolvimentos e novas tecnologias; novos mercados e perspectivas; segurança e meio ambiente; e gestão.

Este evento é dirigido a diretores e gerentes industriais, de produção, de tratamento térmico, os gerentes de qualidade, de engenharia do produto, de pesquisa e desenvolvimento. Como também, engenheiros de materiais, mecânicos, metalurgistas, químicos, bem como os técnicos destas modalidades e demais profissionais envolvidos com a atividade de tratamento térmico e análise de estruturas e propriedades mecânicas.

Haverá apresentações de trabalhos técnico-científicos na forma oral e de pôsteres. Os interessados deverão enviar um resumo através do preenchimento do formulário no site.
Os resumos serão avaliados pela comissão científica do evento. Caso seja aceito, o candidato será comunicado via e-mail para que seja feito o envio do trabalho completo.

Para participar do congresso, as inscrições online vão até o dia 11 de junho. Para mais informações sobre prazos de inscrições, ou para envio de trabalhos técnicos e científicos através do telefone (11) 3731-8549 / (11) 3735-3772, ou pelo site.

Fonte e demais informações: http://www.cimm.com.br/portal/noticia/exibir_noticia/8901-inscries-abertas-para-a-vi-conferncia-sobre-tratamenos-trmicos

TELETIME News - Nokia quer desenvolvimento maciço de apps para Windows Phone


De olho numa fatia maior do concorrido mercado brasileiro de smartphones, a Nokia pretende incentivar o desenvolvimento maciço de aplicativos voltados à plataforma Windows Phone. O sistema operacional equipa os aparelhos Lumia 800 e Lumia 710, lançados nesta semana no Brasil.

Nesta sexta-feira, 23, durante o Nokia Developers Day, em São Paulo, o  gerente de serviços técnicos da fabricante, Daniel Rocha, afirmou que a força do nome da empresa somada à venda em grande escala dos aparelhos com Windows Phone serão o grande diferencial para atrair desenvolvedores de aplicativos para a plataforma. “O sistema operacional não é exclusivo nosso, então precisamos de mecanismos para nos diferenciar”, disse. “Mas não adianta ter bom desenvolvimento se não tiver o produto na rua”.

Dentre a apostas da Nokia para se diferenciar, tanto dos smartphones com sistema operacional da Microsoft quanto dos equipados com iOS e Android, está a adoção de aplicativos voltados à prestação de serviços ao usuário, como o Nokia Mapas, aplicativo semelhante ao Google Maps, ou o Nokia Transporte, que contém informações do transporte público em 512 cidades no mundo. “Também temos o Nokia Dirigir, que transforma o celular em GPS”. A feramenta avisa ao motorista quando o veículo está se aproximando de um radar. “É algo muito útil nos dias de hoje”, comenta Rocha.


Fonte e demais informações http://www.teletime.com.br/23/03/2012/nokia-quer-desenvolvimento-macico-de-apps-para-windows-phone/tt/269302/news.aspx

Mais recursos à vista para inovação

Por Bruno Bocchini, da Agência Brasil - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, devem aumentar os desembolsos para projetos de inovação em cerca de 50%.

“Tanto o BNDES quanto a Finep têm uma carteira crescente de projetos para inovação. No ano passado, já tivemos um aumento significativo nas nossas carteiras, desembolsamos mais de R$ 3 bilhões em inovação. Neste ano, esperamos que essa cifra cresça substancialmente. Esperamos ultrapassar a marca de 4,5 bilhões”, disse o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, após se reunir com empresários da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O presidente da confederação acrescentou que a indústria, com o apoio do BNDES, deverá investir, nos próximos dois anos, cerca de R$ 1,7 bilhão na instalação de 32 laboratórios e centros de pesquisa de ponta, de acordo com a vocação de cada região do país. “Por exemplo, no Acre, vamos colocar centro de tecnologia voltado para a madeira; no Amazonas, [voltado à área] de biotecnologia”.

Desse dinheiro, R$ 1,4 bilhão deverá ser financiado pelo BNDES. Os centros têm prazo de dois anos para ser construídos e estão sendo projetados pelo instituto alemão Fraunhofer, “a melhor experiência que há no mundo de trabalho de laboratório em rede voltados à inovação e tecnologia”, segundo destacou o presidente da CNI.


Fonte e demais informações:http://www.ambienteenergia.com.br/index.php/2012/03/mais-recursos-a-vista-para-pesquisa/18200




Chip de reconhecimento de voz é desenvolvido em universidade da PB

Um chip que trabalha como um verificador de identidade vocal, cujo objetivo é relacionar uma voz à uma identidade ou certificar se quem está falando é realmente quem diz ser. Foi isso que os alunos do Laboratório de Arquitetura Dedicada (LAD) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) montaram através do programa federal Brazil-IP (Brazil Intelectual Property), que busca a capacitação de profissionais capazes de projetar circuitos integrados.

O Brazil-IP existe desde 2003 e integra estudantes e professores de várias universidades públicas espalhadas pelo Brasil, cada uma delas responsável por um projeto. O programa passou, para cada uma, a tarefa de montar um chip. Em 2009, o grupo da UFCG começou a montar o Speaker Verification System (SPVR), um dos chips mais complexos já feito no Brasil, segundo o LAD.

O projeto paraibano teve início apenas com alunos da graduação de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação. Desde seu início, cerca de 20 alunos participaram em algum momento da equipe. O estudante Lucas Paixão, do curso de Engenharia, explicou o funcionamento do projeto e quais seriam os próximos passos.

“O chip recebeu o nome de SPVR e confere a identidade do usuário através da voz. O processo de reconhecimento se dá no momento em que o chip busca parâmetros da voz de determinada pessoa, definindo um modelo que perceba cada característica vocal diferenciada das outras pessoas”, disse Paixão.

Lucas continuou dizendo que “três anos após o início do projeto, conseguimos concluir. Estamos na fase final, mas o chip já está feito. Na porta do nosso laboratório temos um circuito que “imita” o funcionamento do SPVR, e só consegue entrar quem tem a voz reconhecida para obter permissão de entrada.”

Elmar Melcher, professor do Departamento de Sistema e Computação e coordenador do projeto, disse estar muito feliz com o resultado desses anos de esforço e avanço tecnológico. “Estou muito orgulhoso de fazer parte dessa equipe. O chip criado mostra a excelente qualidade da formação dada aos alunos participantes do programa Brazil-IP.” 

Fonte e demais informações: http://www.vnews.com.br/noticia.php?id=117143

SAE Brasil discutirá em Minas Gerais logística reversa na manufatura

A preservação ambiental cada vez mais influencia a rotina da cadeia industrial automotiva, principalmente às vésperas da Convenção Global Rio+20. É neste contexto que será realizada mais uma edição do Simpósio SAE BRASIL de Manufatura, em Nova Lima, Minas Gerais. Com o tema Logística Reversa, a Seção Minas Gerais da SAE BRASIL agendou o encontro para 10 de abril, no Amcham Business Center.

Alessandro Bagni, chairman do Simpósio, afirma que a logística reversa, que é o caminho inverso da produção, ou seja, que trata do produto desde o ponto de consumo até o seu local de origem, vem sendo debatida no Brasil em razão do grau de importância. “Nossa intenção é trazer o tema à tona, disponibilizar esse conhecimento para todos os elos da cadeia produtiva e para os estudantes também. Abordaremos meio ambiente e legislação, relacionando-os à logística reversa, além de explorarmos o assunto em apresentações didáticas”, diz.
Segundo o dirigente, determinados setores da cadeia produtiva do Brasil tem se mostrado muito preocupados com o reaproveitamento e conservação dos recursos finitos. “A maior e melhor consequência da logística reversa é o reaproveitamento desses recursos, algo que atualmente nosso País tem em abundância. E, além disso, todos nós seremos beneficiados com a adoção de práticas mais sustentáveis”, comenta.

Esse simpósio é promovido pela Seção Minas Gerais da SAE BRASIL e visa reunir diversas camadas da industria que, de alguma forma, poderão fomentar a disseminação de práticas sustentáveis. “Entre os palestrantes teremos representantes de indústrias, advogados, ambientalistas e pessoas ligadas ao meio acadêmico”, conta o chairman do encontro.

O objetivo do simpósio é agrupar num mesmo local os profissionais de toda a cadeia envolvida no processo e mostrar que, para fazer logística reversa basta se planejar e se adequar à legislação. “Quando bem administrada essa prática gera lucros, fomenta negócios e traz produtividade para as pequenas e médias empresas”. Para Bagni, encontros como esse ajudam na discussão de tendências, evoluções do setor e atualização sobre como cada um pode contribuir para o avanço tecnológico do País.

A Seção Minas Gerais é uma das 10 Seções Regionais da SAE BRASIL distribuídas desde o Nordeste até o extremo Sul do Brasil, todas voltadas à consolidação do conhecimento técnico do setor da mobilidade no País, contando com o trabalho e dedicação de valiosos grupos de voluntários.

Para Carlos Eugenio Dutra, diretor de Seções Regionais da SAE BRASIL, os encontros técnicos da associação são excelentes oportunidades para a comunidade de engenharia da mobilidade trocar informações, pois abordam temas muito atuais, que contribuem para a constante evolução das tecnologias aplicadas no desenvolvimento de produtos. “Além disso, fomentamos nossos objetivos, com a disseminação de know how entre a comunidade de engenharia”, afirma Dutra.

O simpósio contará com palestras sobre a visão geral da logística reversa, renovação de frota, o meio ambiente e a logística reversa, a logística reversa e a sustentabilidade, além de debates para promover a interação dos participantes com os assuntos discutidos e com os palestrantes.

Fonte: SAE Brasil

Fonte e demais informações:  http://www.transportedigitalnews.com.br/site/2012/03/sae-brasil-discutira-em-minas-gerais-logistica-reversa-na-manufatura/

sexta-feira, 23 de março de 2012

Antimagneto: Invisibilidade magnética prática e simples

Antimagneto: Invisibilidade magnética prática e simples: A camuflagem magnética foi feita com materiais disponíveis no comércio, fugindo da linha tradicional das pesquisas na área, que vinha se baseando exclusivamente nos metamateriais.

Carapaça de escorpião inspira escudo biônico para máquinas

Carapaça de escorpião inspira escudo biônico para máquinas: Superfícies microtexturizadas apresentam melhor resistência à abrasão do que as superfícies lisas.

Plástico morfológico muda de textura conforme a necessidade

Plástico morfológico muda de textura conforme a necessidade: A alteração é induzida eletricamente - dependendo da tensão aplicada ao polímero, ele assume uma rugosidade diferente.

Mudança para tecnologias verdes pode iniciar guerras minerais

Mudança para tecnologias verdes pode iniciar guerras minerais: É cada vez maior a preocupação com o uso de metais muito raros, essenciais aos equipamentos de alta tecnologia.

Robô água-viva usa músculos artificiais alimentados a hidrogênio

Robô água-viva usa músculos artificiais alimentados a hidrogênio: Isto significa que ele não precisa de baterias e nem de reabastecimento - basta ficar dentro d'água para se movimentar.

Inteligência artificial dispensa humanos para pilotar aviões

Inteligência artificial dispensa humanos para pilotar aviões: Sem nenhuma participação de humanos, sejam pilotos, sejam controladores de voo, da decolagem até o pouso.

Plasmônica: Antena atômica converte luz em sinais eletrônicos

Plasmônica: Antena atômica converte luz em sinais eletrônicos

Câmera a laser enxerga além da esquina

Câmera a laser enxerga além da esquina: O princípio é o mesmo dos periscópios. A diferença é que, em vez de usar espelhos para redirecionar a luz, o sistema usa as paredes, as portas ou o piso.

Robôs movidos por ondas batem recorde mundial de distância

Robôs movidos por ondas batem recorde mundial de distância: Quatro robôs navegantes estabeleceram um novo recorde mundial de distância, flutuando autonomamente pelo Oceano Pacífico.

Gravidade quântica pode ser testada em laboratório

Gravidade quântica pode ser testada em laboratório: Surgiu uma luz no túnel-sem-fim que separa a teoria de Einstein e a física quântica - mais especificamente, uma luz no espelho.

Fibra de laser tece monitores 3D e telas transparentes

Fibra de laser tece monitores 3D e telas transparentes: A fibra óptica a laser usa microfluídica para emitir luz ao longo de todo o seu comprimento de forma controlável.

Fibra de laser tece monitores 3D e telas transparentes

Fibra de laser tece monitores 3D e telas transparentes: A fibra óptica a laser usa microfluídica para emitir luz ao longo de todo o seu comprimento de forma controlável.

Sistema de irrigação inteligente economiza água e produz mais

Sistema de irrigação inteligente economiza água e produz mais: O melhor de tudo é que, além de economizar água e reduzir o custo para os agricultores, o novo sistema resultou em um aumento na produção da lavoura.

Neutrinos não superam velocidade da luz em novo experimento

Neutrinos não superam velocidade da luz em novo experimento: Mas o próprio CERN adotou uma posição cautelosa, afirmando que é preciso esperar um pouco mais para dar um veredito final.

Índia vai abrir vagas em universidades para bolsistas brasileiros


Brasil e Índia devem assinar um acordo de cooperação no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras, que financia bolsas para estudantes brasileiros em instituições estrangeiras de ensino superior.

A parceria deverá ser formalizada na visita que a presidenta Dilma Rousseff fará à Índia, no dia 29, para participar da quarta reunião dos chefes de Estado do Brics, acrônimo que identifica o bloco de países emergentes formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.
Além da reunião do bloco, Dilma visitará a presidenta da Índia, Pratibha Patil, e o primeiro-ministro, Manmohan Singh.

"No caso da Índia, é a primeira vez que implementaremos o programa com um país em desenvolvimento --e um país do Brics. Já aprofundamos as discussões e já identificamos as instituições que deverão participar do programa, que estão nas cidades de Nova Delhi, Mumbai e Bangalore", informou a subsecretária-geral de Política do Itamaraty, embaixadora Maria Edileuza Fontenele Reis.

Ainda não está definido o número de estudantes que devem participar do programa com a Índia, mas os bolsistas serão selecionados para estudar em centros de ensino voltados às áreas de ciência e tecnologia, engenharia genética, ciências e tecnologia aeroespacial.
Os dois países também devem assinar acordos nas áreas de meio ambiente, cultura, relações consulares, promoção da igualdade de gênero e tecnologia e inovação.

Evento discute as perspectivas da energia solar no Brasil


Encontro acontece no Rio de Janeiro, no dia 12 de abril; inscrições estão abertas
Da redação



A notícia de um possível leilão de energia solar fotovoltaica para este ano está movimentando os agentes. Dúvidas não faltam. Na busca por informações sobre esse novo mercado, será realizado no Rio de Janeiro, no dia 12 de abril, um evento temático que tratará do potencial e das perspectivas da fonte no País.
Serão discutidas formas de geração, contratação e regulação da nova tecnologia. Foram convidados especialistas da Agência Nacional de Energia Elétrica, da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica, do Ministério de Minas e Energia, da Associação da Indústria de Cogeração de Energia, entre outros participantes.
As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site www.ctee.com.br. O valor do investimento é de R$1.325,00.



Fontes e demais informações:http://www.jornaldaenergia.com.br/ler_noticia.php?id_noticia=9392&id_tipo=2&id_secao=2&id_pai=0

USP vai adotar diploma virtual; documento é mais rápido e seguro


A USP vai passar a entregar aos alunos formados um diploma virtual, mais rápido e seguro do que o documento de papel. A previsão é que o novo modelo esteja disponível até o início de 2013.

De acordo com a universidade, o objetivo é atender aos estudantes que precisam comprovar a conclusão do curso com urgência e não podem esperar a confecção do diploma de papel, que pode demorar meses após a colação de grau.

Outra vantagem é a segurança do diploma que, segundo a universidade, dificultará muito a falsificação. O sistema funcionará com uma assinatura eletrônica. O formado receberá um número e só poderá acessar o diploma com esta senha.

A princípio, o documento virtual não vai substituir o de papel, diz a universidade.
O novo dispositivo foi aprovado anteontem pelo Conselho Estadual de Educação, e também poderá ser usado por outras instituições.

Associação internacional premia apresentações sobre engenharia de materiais

Brasília, 22 a 25 de março de 2012 - Nº 1025 - Ano 11
No dia 11 de junho, o Institute of Materials Minerals and Mining (IOM3, na sigla em inglês) realizará, em São Paulo (SP), a etapa brasileira do concurso Young Persons’ World Lecture Competition 2012. A associação internacional de engenheiros de materiais tem como objetivo incentivar estudantes e profissionais da área a melhorar suas habilidades de comunicação.
     Os participantes terão 15 minutos para abordar, em inglês, um assunto que esteja relacionado à ciência e engenharia de materiais, minerais, mineração e embalagem. No fim do evento serão escolhidas as melhores apresentações e o representante brasileiro para a final mundial do evento, que ocorrerá em 5 de julho em Londres, na Inglaterra.

     Os três primeiros colocados na etapa brasileira receberão prêmios e terão as suas despesas de viagem pagas pela IOM3. Os interessados devem encaminhar um resumo da apresentação até o dia 18 de maio para os e-mails mariana.perez@cbmm.com.br ou rita.ferreira@cbmm.com.br



     Informações estão disponíveis no site da instituição www.iom3.org



     (Com informações da Agência Fapesp)  


Fonte e demais informações: http://www.gestaoct.org.br/

CsF seleciona estudantes de doutorado para universidades inglesas

Brasília, 22 a 25 de março de 2012 - Nº 1025 - Ano 11



 Interessados em cursar doutorado nas universidades de Nottingham e Birmingham, na Inglaterra, tem até o dia 26 de abril para se inscrever no edital de bolsas do programa Ciência sem Fronteiras (CsF). A iniciativa prevê a concessão de até 30 bolsas.


     As vagas são para doutorado pleno e doutorado sanduíche a para formação de docentes e pesquisadores de alto nível. As pesquisas deverão ser realizadas nas seguintes áreas do conhecimento: ciências biomédicas e da saúde; computação e tecnologias da informação; tecnologia aeroespacial; fármacos; produção agrícola sustentável; petróleo, gás e carvão mineral; energias renováveis; biotecnologia; nanotecnologia e novos materiais; biodiversidade e bioprospecção.

     Em ambas as modalidades, o repasse mensal será de 910 libras, passagem aérea de ida e volta, auxílio seguro-saúde e auxílio instalação. Além da isenção de taxas e anuidades da universidade.

     Acesse o edital neste link.

     (Com informações da Ascom da Capes)  


Fonte e demais informações: http://www.gestaoct.org.br/

Conferência Anpei tem foco na inovação em municípios


Brasília, 22 a 25 de março de 2012 - Nº 1025 - Ano 11
 
A 12ª Conferência da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) será focada em estimular os governos municipais a investirem em inovação. Com o tema “Inovar Agora: Competição Global e Sobrevivência Local”, o encontro destacará o exemplo da prefeitura municipal de Joinville (SC), que receberá o evento de 11 a 13 junho.

     Os vereadores da cidade aprovaram uma lei que cria um fundo municipal para inovação. A matéria concede incentivos às empresas, estimula a criação de instituições científicas e tecnológicas e prevê um prêmio municipal, entre outras medidas. Para o prefeito de Joinville, Carlito Merss, os municípios precisam ter a sua própria política de incentivo à pesquisa.

     “Nosso município tem um forte histórico industrial e seremos a região brasileira que mais vai crescer nos próximos anos, mais do que duplicando nossa economia. Tenho plena certeza de que essa evolução se dará através do aumento da produção em si e, principalmente, pela inovação em produtos, processos e serviços oferecidos por Joinville”, destacou.

     A 12ª Conferência Anpei de Inovação Tecnológica conta com o apoio da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), Associação de Joinville e Região da Micro, Média e Pequena Empresa (Ajorpeme) e do Parque de Inovação Tecnológica de Joinville e Região (Inovaparq). O presidente da ACIJ, Udo Döhler, destaca que a economia de Joinville vem crescendo o dobro da média nacional e deve dobrar de tamanho nos próximos dez anos.

     “Desde já, precisamos vislumbrar empregos que envolvam produtos e serviços de alto valor agregado e gerem renda para essa população. Pesquisa, desenvolvimento e inovação são caminhos para atingir esses objetivos”, afirmou. 

     O evento também terá espaço para as empresas apresentarem as suas melhores práticas em inovação. O objetivo da apresentação de cases na Conferência Anpei é possibilitar o compartilhamento de práticas e a difusão da cultura de inovação. Todos os resumos enviados passarão pela avaliação do Comitê Técnico da Conferência. Os três cases mais expressivos serão mostrados em sessões plenárias, enquanto os demais, em sessões paralelas, organizadas por temas.

     (Com informações da Anpei)  


Fonte e demais informações: http://www.gestaoct.org.br/